• Cursos
  • Escolas
  • Site
  • Aprendizagem Industrial
  • Cursos Livres
  • Cursos Tecnicos
  • Faculdade
  • Pós-Graduação
  • Capital
  • Grande São Paulo
  • Interior

SENAI-SP DOA 5 MIL MÁSCARAS À SANTA CASA DE FRANCA

A A A

Material foi entregue ao hospital nesta segunda-feira (13/4) pelo diretor do Senai de Franca, prof. Wagner Muiños

13/04/2020

Devido à epidemia causada pelo novo Coronavírus, o Senai-SP iniciou a produção de 600 mil máscaras hospitalares que serão doadas a diversos hospitais nos próximos três meses. A iniciativa do presidente da Fiesp e do Senai-SP, Paulo Skaf, tem por objetivo contribuir para a proteção dos profissionais de saúde, que estão na linha de frente dessa guerra contra um inimigo invisível. "Nosso objetivo é apoiar aqueles que dia e noite estão trabalhando heroicamente pelo Brasil. Essa é uma das contribuições da indústria de São Paulo no combate ao novo Coronavírus", afirma Skaf.

Em Franca, coube ao diretor local do Senai, prof. Wagner Muiños, realizar a entrega das 5 mil máscaras à Santa Casa de Misericórdia na manhã desta segunda-feira (13/4). Quando do início da pandemia no Brasil, o Senai de São Paulo se comprometeu com a doação de máscaras, a manutenção de respiradores e a produção de álcool em gel.

A fabricação das máscaras envolve 200 profissionais, entre docentes, ex-alunos e outros voluntários. As 600 mil unidades serão produzidas com Tecido Não Tecido (TNT) odonto-médico hospitalar, próprio para a confecção de máscaras cirúrgicas.

Na Escola Senai Francisco Matarazzo, da Capital, o tecido é cortado em máquina especial. Em seguida, o material é separado e enviado para outras 13 escolas do Senai-SP, que além da primeira, também realizam o processo de confecção das máscaras. Depois elas são encaminhadas para duas escolas, uma em Campinas e outra em São Bernardo do Campo, onde o material é esterilizado por meio de autoclaves. Na etapa final as máscaras são embaladas e seguem para a distribuição.

Senai entregou 5 mil máscaras à Santa Casa de Franca

Senai entregou 5 mil máscaras à Santa Casa de Franca