• Cursos
  • Escolas
  • Site
  • Aprendizagem Industrial
  • Cursos Livres
  • Cursos Tecnicos
  • Faculdade
  • Pós-Graduação
  • Capital
  • Grande São Paulo
  • Interior

Concurso Casa Tecnologia anuncia vencedor

A A A

A ação, realizada pelo Senai Orlando Laviero Ferraiuolo, no Tatuapé, recebeu 70 inscrições

12/09/2019

Núcleo de Comunicação

35 metros quadrados de construção e um desafio bem maior do que a metragem. Tudo começou quando Reginaldo Saldes Costa, Coordenador de Relacionamento com a Indústria da Escola Senai Orlando Laviero Ferraiuolo, no Tatuapé, unidade especializada em construção civil, apresentou ao Vitor Martinelli a ideia de transformar uma casa localizada dentro da escola em um espaço tecnológico.

“A casa era usada para guardar materiais utilizados em sala de aula e, um dia, em uma conversa sobre como aplicar a teoria na prática, surgiu a ideia do Concurso Casa Tecnológica. Lançamos a proposta e, entre alunos Senai e estudantes de outras instituições de Ensino Superior, tivemos mais de 70 inscritos”, relembra Reginaldo.

Para participar do desafio, os grupos tiveram que dar o 'de acordo' para as regras, que incluía, além da premissa do uso da tecnologia, a apresentação de um projeto executivo de retrofit* para uma casa real que fosse inovador e, ao mesmo tempo, possível de ser replicável, ou seja, tudo o que ali fosse utilizado deveria ser acessível para pessoas comuns.

Eles pensaram em inovações tecnológicas que pudessem resolver problemas relacionados ao isolamento acústico e térmico, eficiência energética, reúso de água, automação residencial. Projetos bastante completos, interessantes e factíveis, que envolveram, em muitos casos, o uso da metodologia BIM”, complementa o coordenador. A metodologia BIM** é ensinada no curso técnico em edificações do Senai-SP desde 2013 e está cada vez mais sendo solicitada aos profissionais do setor da construção civil.

Os projetos apesentados no Concurso foram avaliados por uma banca composta por um engenheiro civil e dois arquitetos. Depois de muita análise, o comitê chegou a cinco finalistas e, entre esses, elegeu o grupo vencedor.

“No Brasil, muitas casas têm o mesmo problema que a 'casinha', quente e escura. E a gente pensou em meios para que as pessoas pudessem aplicar o que a gente propôs no projeto para a vida delas. Então, a intenção da nossa equipe foi construir um ambiente que fosse confortável usando essa proposta de inovação”, conta Yasmin Luizi Panariello, que está no 4º período do curso Técnico em Edificações no Senai Tatuapé.

Pedro Fernandes, outro integrante da equipe e aluno da unidade, conta que “o maior desafio foi no começo da atividade, de ter certeza de que daríamos conta de fazer algo tão grande. O próximo passo é colocar a mão na massa, literalmente, e coordenar o projeto de retrofit. Estou ansioso por isso, mas confiante e feliz!”. Parceiros do Senai-SP (empresas, indústrias, lojas de materiais de construção civil) colaborarão para a transformação da casa.

“Eu não tinha dimensão da quantidade, da qualidade e da estrutura dos cursos que o Senai-SP oferece na área de construção civil e fiquei surpreso. Estar junto com o Senai-SP nesse desafio me faz ver um futuro mais promissor para o setor”, comenta Vitor.

Depois de pronta, a casa ficará disponível para visitação e para aulas dos cursos oferecidos pela unidade. Para saber mais sobre o Concurso Casa Tecnológica e sobre os cursos oferecidos no Senai Tatuapé, acesse o site https://construcaocivil.sp.senai.br/

*Retrofit:é um termo utilizado principalmente em engenharia para designar o processo de modernização de algo já considerado ultrapassado ou fora de norma.

**Metodologia BIM: Building Information Modeling é uma metodologia que agrupa, num único local, todas as informações referentes a cada etapa de uma determinada edificação, garantindo mais eficiência em relação aos prazos, custos e materiais.